Palatabilidade em Pet Food

Assim como nós, os animais também apresentam preferências em relação aos alimentos. Essa preferência está diretamente relacionada à palatabilidade do alimento e irá definir o sucesso do produto pet food.



Em termos de definição, palatabilidade refere-se a aceitação de um alimento pelo animal, no que diz respeito aos aspectos de:

  • Odor;

  • Sabor;

  • Textura.

Logo, é necessário averiguar esse parâmetro antes do lançamento de uma nova receita.


Existem diversos testes que envolvem o estudo do comportamento animal diante de um alimento. Nesses testes, de modo geral, é possível verificar a aceitação em relação ao odor (“Medida da Primeira Opção''), sabor (“Taxa de ingestão”) e de todas as características de modo conjunto (odor, sabor e textura - “Taxa de consumo”).


Os palatantes são adicionados à receita com a função de aumentar a atratividade sensorial do produto e podem se apresentar na forma de pó ou líquido. Essas substâncias são de origem vegetal ou animal, sendo que as proteínas constituem o principal grupo. Ainda, em relação a qualidade, os palatantes são divididos em:

  • Econômicos,

  • Mid-level

  • Premium.

Por exemplo, a proteína hidrolisada de frango é um ingrediente premium natural que, entre outras funções, também possui propriedade palatante.


Desse modo, em um setor competitivo e em ascensão, é fundamental o investimento na qualidade do produto, a fim de atender as necessidades do público alvo e, consequentemente, ganhar destaque (e clientes) no mercado consumidor!


E você, quer tornar o seu produto pet food mais atrativo? Entre em contato conosco!



Referência:

Blog BRF ingredients

https://blog.brfingredients.com/pt-BR/posts/palatabilidade-um-conceito-fundamental-para-a-formulacao-de-pet-food


18 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo