Buscar

Manejo reprodutivo em gado leiteiro



Ligia Caroline Volpato


Um bom manejo reprodutivo é essencial para uma criação de gado leiteiro de sucesso. Para que o animal apresente condições de reproduzir, o ambiente em que ele se encontra deve ser favorável, assim como seu organismo deve se encontrar em “equilíbrio” (a chamada homeostase, balanço entre todos os componentes fisiológicos que influenciam na saúde do indivíduo, como hormônios, temperatura, pressão, entre outros).


Para que tal procedimento seja feito de forma correta, devem-se levar em conta diversos fatores, todos interconectados na questão da saúde e do bem-estar do animal: o ambiente provido, a nutrição imposta, a raça do animal, as características individuais e até mesmo a rotina de manejo (que deve ser seguida rigorosamente, uma vez que alterações na mesma podem causar estresse ao animal, e um animal estressado não reproduz).


Os índices zootécnicos, como o peso corporal, são importantes para indicar os momentos certos para eventos cruciais, como iniciar a atividade reprodutiva de um animal. Portanto, deve-se sempre ficar atento a tais índices para prestar maior atenção às necessidades metabólicas das vacas, como por exemplo no período pouco antes do parto e pouco após o parto, nos quais o ajuste às demandas extrínsecas e intrínsecas ao animal é intenso. É possível predizer até mesmo o momento de cessar o papel do animal como reprodutor.


A tecnologia também é uma grande aliada do manejo reprodutivo, contribuindo com técnicas que otimizam e maximizam a produção. Algumas biotecnologias muito usadas são a inseminação artificial e a transferência de embriões. A aplicação delas, claramente, só se faz possível com a união da interpretação exata de exames clínicos complementados por exames de concentrações hormonais no organismo, feitos por veterinários extremamente competentes.


O manejo reprodutivo, portanto, se baseia na união de inúmeros fatores inerentes tanto ao animal, quanto ao ambiente e quanto a quem realiza o manejo. Vacas que se encontram em condições ideais têm não apenas plena aptidão para a reprodução como também apresentam um aumento da produção total, promovendo constante melhora na criação.


FONTE:

  • MARQUES JR, A. P.; Manejo Reprodutivo de Bovinos. Ciência Animal, 22(1): 248-254, 2012 - Edição especial.

  • Manejo de Bovinos Leiteiros Adultos – Prof. Dr. Cecilio Viega Soares Filho

39 visualizações
  Empresa Júnior de Assistência Veterinária
Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87
Cidade Universitária - CEP 05508 270 - São Paulo - SP ​
(11)  3091 7702
whatsapp +55 15 99102-6560 ou +55 11 94020-6002
 
 
ejav.fmvz.usp@gmail.com

ACOMPANHE-NOS

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone