Importância da proteína na dieta dos cães


A proteína é essencial na alimentação dos cães pois o organismo desses animais utiliza esse macronutriente em diversas funções, como crescimento, produção e reparação muscular, além de atuação na atividade cerebral e hormonal.


Onde é possível encontrar proteínas? A maioria dos alimentos industrializados, como as rações, traz as proteínas necessárias para o bom funcionamento do organismo do pet. Mas, além disso, encontramos esse macronutriente também em produtos de origem animal, como carne, frango, ovo, etc. Porém, caso haja desejo de oferecê-los aos cães, é essencial que esses alimentos não estejam crus e nem temperados.


Importância

Entre as principais atividades exercidas pelas proteínas no organismo do cão, é possível apontar a produção de massa muscular e de anticorpos, equilíbrio hormonal, funcionamento do sistema nervoso, transporte de oxigênio, digestão, reparação de pelos e da pele, cicatrização de feridas e fornecimento de energia.


Sintomas de deficiência proteica

Se a alimentação canina tiver menos proteínas do que o necessário, as consequências podem ser sérias, pois o sistema imunológico do animal fica debilitado. Os sinais clínicos mais observados são:

  • problemas de pele;

  • perda de peso;

  • imunidade baixa;

  • apatia;

  • mudanças comportamentais;


De toda maneira, ao apresentar essas características, o cão deve ser levado a um médico veterinário, pois apenas esse profissional é capaz de apontar se correspondem à deficiência de proteína ou quais são as verdadeiras causas.

Caso o pet esteja com um problema de saúde, a ração talvez tenha que ser personalizada, como a medicamentosa. Além disso, é fundamental tratar a causa inicial do problema, ou seja, aquilo que resultou na deficiência de proteína.


Então, qual é a melhor ração?

As proteínas utilizadas na composição da ração variam muito entre as marcas - a diferença é qualidade e a digestibilidade dos ingredientes utilizados em cada receita. Desse modo, a melhor ração para o pet deve conter as quantidades mínimas de cada nutriente, incluindo as proteínas. Vale ressaltar que cada animal possui suas necessidades específicas e, por isso, devemos escolher rações que atendam sua idade, porte, nível de atividade, etc.


Fontes:

- Blog da Petz

- Blog da Cobasi

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo