top of page
Buscar
  • Foto do escritorejav-usp

Gripe aviária: minha ave corre perigo?



A gripe aviária, ou influenza aviária, é uma doença causada por um vírus do tipo Influenza e afeta tanto aves domésticas como selvagens, e pode ainda acometer, menos frequentemente, mamíferos, incluindo o ser humano. Recentemente, em maio de 2023, a gripe aviária, até então não detectada no Brasil, chegou ao país. Até o momento já foram confirmados focos da doença em 58 aves silvestres, a maioria de vida livre, e em 1 criação doméstica de subsistência, localizados nos estados do Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina e Paraná.

Nos casos leves da doença, o animal pode apresentar secreção nasal e inflamação das vias respiratórias. Já nos casos graves, pode acontecer inchaço na cabeça e pés, sinusite e hemorragias. A gravidade da doença é determinada pela variante do vírus Influenza.

A doença é transmitida por meio de fezes e secreções respiratórias de aves infectadas ou mesmo por meio de água e alimento contaminados, e o vírus pode resistir no ambiente ou na superfície de objetos por longos períodos. As aves marinhas são reservatórios naturais do vírus influenza, e as espécies migratórias estão envolvidas na disseminação de surtos ao redor do mundo, bem como o comércio internacional.



Ou seja, sua ave pet, tem pouco risco de exposição ao vírus desde que não tenha contato com aves selvagens. Podem ser adotadas medidas de segurança como telar janelas e higienizar diariamente o local onde a ave fica retirando sementes caídas, a fim de não atrair outras aves. Além disso, se encontrar uma ave doente ou morta, não mexa nela e acione imediatamente um órgão público responsável como a Vigilância Sanitária mais próxima ou órgãos relacionados ao Meio Ambiente.


Fontes:



1 Comment


Informacões super importantes, especialmente devido as recentes noticias!

Like
bottom of page