Diferenças entre cavalos e pôneis

A diferença entre um cavalo e um pôneis está em sua altura! Ela é medida através da altura da “cernelha” - termo zootécnico que denomina a região localizada entre os ombros dos quadrúpedes.


Cavalos são indivíduos da espécie Equus caballus que possuem a medida de cernelha maior do que 1,47 m quando adultos, enquanto os pôneis são animais da mesma espécie, mas que possuem a altura de cernelha menor que 1,47 m. Contudo, essa classificação é maleável e depende do padrão aceito para cada raça.


Os cavalos são utilizados há muitos séculos para o transporte, para a guerra, na caça e no trabalho no campo. Hoje em dia, eles ainda são utilizados pelas forças armadas e para a prática de diversas modalidades diferentes de esportes, como por exemplo o hipismo (única modalidade olímpica que utiliza animais), provas de enduro, vaquejada, tambor, entre outras. Por isso existem raças de cavalos como a Brasileiro de Hipismo (com cernelha > 1,65 m) e o cavalo crioulo (até 1,5 m de cernelha).

Cavalo Brasileiro de Hipismo

Disponível em: https://cavalus.com.br/wp-content/uploads/2018/11/BH-Historoa-4.jpg

Acesso em 11 de janeiro de 2022.



Cavalo crioulo

Disponível em: https://www.mundoecologia.com.br/wp-content/uploads/2019/10/Cavalo-Crioulo-2.jpg

Acesso em 11 de janeiro de 2022.


Já os pôneis eram utilizados em minas de carvão na Escócia devido ao seu tamanho reduzido conferir maior facilidade em acessar túneis menores. Hoje em dia, eles são utilizados em escolas de equitação para crianças, na equoterapia humana e para puxar pequenas charretes. De raças de pôneis, podemos citar a Piquira (até 1,30 m de cernelha) e o pônei brasileiro (cernelha máxima de 1,1 m).


Pônei Piquira

Disponível em: https://www.mundoecologia.com.br/wp-content/uploads/2019/10/P%C3%B4nei-Piquira.jpg

Acesso em 11 de janeiro de 2022.


Pônei Brasileiro

Disponível em: https://www.mundoecologia.com.br/wp-content/uploads/2019/12/Ra%C3%A7a-de-P%C3%B4nei-Brasileiro-4.jpg

Acesso em 11 de janeiro de 2022.


Por fim, na hora de escolher o animal, deve-se levar em consideração o porte do animal e o tipo de atividade que você planeja realizar, para que possa escolher a raça com o melhor porte para a ocasião. Já se você planeja iniciar na reprodução de equinos, é importante avaliar as condições locais do seu empreendimento, a distância com o mercado consumidor e o que esse mercado está buscando, além das características adequadas para suas instalações - e a EJAV está aqui pra te ajudar, se esse for o caso! Entre em contato com a gente!



65 visualizações0 comentário