Buscar

A Revolução da Impressão 3D na Medicina Veterinária



Os últimos anos foram marcados por avanços importantes em praticamente todos os campos da tecnologia. Os softwares evoluíram significativamente não só no campo da gestão de clínicas, mas também no processamento de imagens. Esse contexto contribuiu para o desenvolvimento de uma das mais importantes inovações na medicina veterinária:

A impressão tridimensional. A aplicação da impressão 3D na medicina veterinária já é uma realidade, Mostrando-se útil nas mais diversas vertentes da área. Assim, as possibilidades são inúmeras e vão desde a fabricação de próteses personalizadas em titânio à fabricação de tecidos e órgãos para implantes.

Essa tecnologia tem sido aplicada principalmente nas áreas de ortopedia e cirurgia, na educação superior,na pesquisa e no fornecimento de medicamentos na medicina veterinária.


  • O que é:

A impressão 3D é um processo de fabricação feito por meio de softwares específicos no qual materiais como plástico são depositados em camadas para criar um objeto 3D a partir de um modelo digital obtido por exames de tomografia computadorizada, ressonância magnética ou ultrassom.


  • Por que a impressão 3D tem ganhado espaço no mercado veterinário?

A tendência do aumento da adoção dessa técnica aliada à popularização dos equipamentos e à evolução dos materiais, aponta para uma queda no custo e aumento do investimento sob a impressão 3D:


1. A tecnologia de impressão 3D tem sido usada para imprimir biomodelos para o cirurgião planejar previamente uma cirurgia de alta complexidade. Isso permite uma análise criteriosa e precisa dos processos ósseos e grupo de músculos adjacentes.É possível, assim, reduzir o tempo de cirurgia e minimizar as complicações durante o período transoperatório.


2. A impressão 3D tem sido muito utilizada para a fabricação de órteses personalizadas,criadas sob medida de cada animal,abrindo inúmeras possibilidades de atuação do médico veterinário no ramo de ortopedia e fisioterapia.


3. Implantes e próteses: a confecção de próteses e implantes feitos à medida para cada situação, considerando as características anatômicas, e dimensões do animal paciente.


4. Utilizando células e outros produtos biológicos na impressão 3D para a montagem de tecidos e órgãos, a técnica da impressão tridimensional tem sido estudada e se mostrando promissora com o objetivo de promover a regeneração tecidual como tendões,ossos e músculos além de oferecer uma alternativa entre a escassez de órgãos e as necessidades de transplante.