top of page
Buscar
  • Foto do escritorejav-usp

A importância do bem estar animal para animais de produção

Quando o assunto é produção animal, muitas pessoas imediatamente adotam visões e opiniões negativas, pois, erroneamente, associam o tópico às imagens arcaicas de sofrimento, abates rústicos e violentos, baias com superlotação… Porém, você sabia que é possível unir sustentabilidade, sanidade animal e lucro?



O termo “bem-estar animal” vem se disseminando de forma dinâmica na rotina dos médicos veterinários, aliado à maior busca de produtores e consumidores por técnicas ecofriendly e que respeitem a senescência dos animais. Desse modo, se os animais são capazes de terem sensações e sentimentos diante das situações das quais eles são expostos, é essencial garantir um ambiente livre de maus tratos, estresse e condições desfavoráveis, que podem afetar negativamente a qualidade dos produtos de origem animal e, em geral, a produtividade das criações.


Afinal, o que é bem-estar?

Em suma, o bem-estar animal trata-se do estado em que as necessidades físicas, fisiológicas, psicológicas, comportamentais, sociais e ambientais de um animal são atendidas. Isso inclui tanto a saúde física dos animais como também sua saúde mental, suas interações sociais e sua adaptação ao meio ambiente, além da liberdade de expressar seu comportamento natural. Assim, o estudo do bem-estar animal pode ser aplicado para avaliar e melhorar a qualidade de vida de diversos animais, auxiliando na elaboração de normas e protocolos que visem melhores práticas na utilização destes.


Quando falamos de bem estar animal em sistemas rurais, as principais medidas envolvidas são: proporcionar acesso dos animais à comida e água fresca, manejo adequado, cuidados veterinários e socialização.


Bem-estar é investimento! Garantir sanidade e salubridade na produção animal estimula o crescimento e reprodução, além de reduzir a incidência de mortes por doenças e de gastos com medicamentos e consultas veterinárias. O investimento em boas instalações, a melhora no transporte e nas condições sanitárias, fornecimento de nutrição adequada e o preparo adequado de tratadores contribuem para o aproveitamento máximo dos insumos e elevação considerável da produtividade, o que reduz drasticamente perdas econômicas e desperdícios.


Ademais, o consumidor também é beneficiado - há uma parcela da população que está disposta a pagar por produtos de qualidade superior e provenientes de um sistema de produção que leva em consideração as questões abordadas nesse texto -, já que está comprando um produto de excelente qualidade e contribuindo para uma cadeia produtiva mais ética e sustentável.



תגובות


bottom of page